É hora de tirar as fraldas?

Little boy on toilet‘Meu filho tem um ano e dez meses. Agora começou a dizer “xixi mamãe” ou então “cocô mamãe”, mostrando com a mãozinha o cheiro ruim. Quando entra no banheiro pega papel higiênico, enrola na mão e mostra onde deve limpar . Está na hora de tirar a fralda?’
Tirar as fraldas dos nenês é uma passagem importante que envolve sentimentos e pensamentos díspares tanto dos grandes quanto dos pequenos, por isso não há uma única maneira de fazer. A urina e as fezes enquanto permanecem dentro das fraldas não estão completamente separadas do corpo; deixá-las cair no penico e perceber claramente que estão se destacando é uma experiência reveladora que inclui perdas e ganhos.
Um ganho é a liberdade que a criança obtém, deixando de ser higienizada por outra pessoa que a pega, segura, vira, etc. De agora em diante pode ser mais dona de seus movimentos. Ela também fica contente por satisfazer ao adulto que recebe com festa o xixi e o cocô. Porém, para que isso ocorra, o pequenino tem que lhe entregar seus produtos corporais preciosos perdendo o que antes podia guardar por um certo tempo. Se antes esvaziava a bexiga e os intestinos quando e onde quisesse, agora deve segurar seus conteúdos e ir até o lugar determinado pela sociedade.
Exercer domínio sobre o corpo, retendo fezes e urina, é um dos prazeres dessa idade, faz parte da brincadeira… Mas, justamente agora que ele consegue essa façanha, será solicitado a limitar esse prazer, e aí está outra possível sensação de perda.
Geralmente, a proposta de tirar as fraldas parte dos grandes, mas também pode vir da criança, que pede para ficar sem elas. Não há uma idade certa para isso. A mudança acontece de maneira muito variada, alguns fazem as necessidades insistentemente nas calças, outros vão acertando desde o início, às vezes ficam tensos, assustados… A reação do adulto interfere no processo e o resultado final dependerá dos dois.
O desejo dos pais de acabar logo com o trabalho de limpar, ou de fazer o bebê crescer rapidamente porque a vida exige, pode dificultar e prolongar o processo. Tudo ficará mais tranquilo se a criança já tiver a capacidade de se despedir do xixi e do cocô, e maior domínio sobre seu corpo. Um bom critério para decidir se está no momento de começar é verificar se ela já consegue expressar verbalmente o que quer.
As mães, pais, educadores conhecem seus nenês, podem escutar o que dizem, observar o que fazem, como revela a mamãe do nosso exemplo. Ela percebe o interesse de seu filho pelo assunto e muito sabiamente se pergunta sobre a hora certa. Um ano e dez meses nos parece cedo, mas cada bebê é um…
·

Helena Grinover e Marcia Arantes

Serviços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s